(Foto: Walla Santos/ClickPBArquivo)

A Paraíba terá mais de 25 mil empregos de policiais e bombeiros nas escalas nas mais de 700 festas de São João. Serão 25.224 colocações de profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros trabalhando na segurança durante os meses de junho e julho, conforme calendários das festas de São João, São Pedro, Santo Antônio e Santa Ana divulgados pelas prefeituras paraibanas. A novidade é o lançamento de 36 câmeras corporais (bodycam) que serão usadas pelos policiais. Outras tecnologias também darão suporte no reforço de segurança das festividades.

Serão 11.610 empregos de policiais militares e civis e bombeiros militares trabalhando na região de Campina Grande, 4.922 colocações na região de Patos, outras 2.878 atuando na região de João Pessoa e, na região de Guarabira, serão 2.196 empregos de profissionais, conforme apurou o ClickPB.

Somente no Parque do Povo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SESDS) da Paraíba, a expectativa de público é de 2,8 milhões de pessoas. Haverá diversos pontos de apoio e várias rondas com até oito policiais militares pela área da festa.

Ainda de acordo com dados obtidos pelo ClickPB, o reforço no policiamento inclui o emprego de 816 viaturas entre carros e motos em todo o estado, 25 câmeras fixas de ambiente com reconhecimento facial e leitura de placas, no Parque do Povo, além de três drones de maior amplitude com aplicação em Campina Grande e Patos.

Deve haver 20.648 colocações de policiais militares, 3.453 de bombeiros militares e 1.123 de policiais civis, além de 290 policiais penais que substituirão os militares nas guaritas de presídios estaduais em João Pessoa, Campina Grande e Santa Rita, após receberem treinamento de uso de fuzil.

Os destaques da cobertura da segurança são as festas juninas em Campina Grande, Bananeiras, João Pessoa, Santa Rita, Conceição, Patos, Santa Luzia, Sousa, Belém e Sumé. Mas há previsão de festas em 174 municípios e um total de 712 eventos previstos.

Haverá Operação Lei Seca com 10 bafômetros, sete viaturas, além de reboques e vans.

As forças de segurança podem ser acionadas pelo 190 (Polícia Militar da Paraíba), 193 (Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba) e 197 (Disque-Denúncia da Polícia Civil da Paraíba).

Correção às 20h31 para informar que não são mais de 25 mil profissionais em atuação, mas sim, mais de 25 mil colocações de policiais e bombeiros em escalas.

Clickpb