Os deputados federais Eduardo Bolsonaro e Julian Lemos voltaram a trocar farpas. Após troca de insultos online, através das redes sociais, as palavras agressivas foram bradadas agora em plena Câmara dos Deputados, em Brasília.

O atrito entre os parlamentares aconteceu durante uma reunião da Comissão de Segurança Pública. Enquanto a Comissão ouvia o ministro da Justiça, Anderson Torres, o deputado paraibano disse que Bolsonaro seria o pior presidente no âmbito da segurança pública. “o exército que marchou de pronto para que o presidente da República chegasse onde chegou foi a segurança pública. E alguém aqui me prove se ele não é o pior presidente da história da segurança pública”, declarou Julian.

No momento seguinte, o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, rebateu as declarações de Julian e o chamou de desleal. “É muito contraditório um deputado dizer que vota com o governo, que está à disposição do governo e dizer que é o pior governo na segurança pública. Quando esse deputado foi eleito pelo presidente Bolsonaro e não pela pauta da segurança pública. Quando foi preciso a lealdade de deputado, ele faltou com sua lealdade, então vai ser agora que o presidente vai pedir favor a ele. Aliás, vai ter que ralar para a reeleição”, afirmou Eduardo Bolsonaro.

PB Agora