O governador João Azevêdo participou, neste domingo (21), no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, da solenidade de início da Caravana da Rede Cuidar. A ação irá percorrer, até o dia 4 de dezembro, 13 cidades paraibanas, atendendo diariamente 50 crianças cardiopatas; 40 gestantes; e 100 crianças com problemas osteoarticulares (doenças relativas aos ossos e articulações). Também serão atendidas crianças com microcefalia ou sequelas neurológicas.

A programação começa pela cidade de Monteiro (22); em seguida, Princesa Isabel (23); Itaporanga (24); Cajazeiras (25); Sousa (26); Catolé do Rocha (27); Pombal (28); Patos (29); Picuí (30); Queimadas (1º de dezembro); Guarabira (2); Mamanguape (3) e Itabaiana (4).

Durante os 13 dias, será feita a busca ativa de crianças com cardiopatias; deformidades osteoarticulares; monitoramento de crianças com síndrome congênita do vírus Zika; qualificação da assistência na Atenção Básica com a identificação precoce das gestantes de risco; avaliação obstétrica às gestantes atendidas; rastreamento para Streptococo do grupo B nas gestantes; qualificação da assistência hospitalar ao neonato de risco; realização de exame clínico bucal para identificação das alterações mais prevalentes; classificação da urgência do tratamento odontológico e encaminhamento para os serviços de saúde locais e/ou de referência do estado.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância da ação para o início do tratamento precoce. Ele também evidenciou que a assistência em saúde representa mais uma política inclusiva do Governo da Paraíba. “Esse é um projeto extremamente importante porque, através da busca ativa, será feito o diagnóstico de crianças com problemas cardiológicos e ortopédicos, ajudando mães com o tratamento das crianças. Desde 2019, esse trabalho está sendo executado com profissionais do nosso estado e acompanharemos essa ação nos municípios que, além das consultas, oferece exames para traçar um diagnóstico preciso”, frisou.

O gestor também destacou a qualificação permanente da Saúde no estado. “Demos respostas à pandemia, tivemos a nota máxima no enfrentamento da Covid-19 pelo IPEA porque acreditamos na ciência, disponibilizamos leitos de UTI e defendemos a vacina. Além disso, também disponibilizamos UTI aérea para pacientes do SUS, o Opera Paraíba vai encerrar 2021 com 12 mil cirurgias eletivas realizadas e construiremos o Hospital da Mulher, em João Pessoa, e o de Clínicas, em Campina Grande. Todos nós nos unimos e fizemos acontecer esse trabalho que é reconhecido nacionalmente”, acrescentou.

Ortopedia pediátrica – A Caravana deste ano terá como novidade a ortopedia pediátrica que vai permitir a triagem do pé torto congênito e de deformidades na coluna; avaliação de luxação do quadril; dedos extranumerários (quando a criança nasce com mais de cinco dedos na mão) e sindactilia (quando dois ou mais dedos são unidos).

Com isso, o objetivo é fortalecer a Rede de Atenção à Pessoa com Deficiência, tendo como referência o Complexo Pediátrico Arlinda Marques, onde são atendidos os casos que precisam de intervenção cirúrgica, garantindo, assim, uma atenção integral. O serviço já é referência para as áreas de cardiologia e neonatologia.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que a Rede Cuidar traz grandes benefícios à população infantil da Paraíba. “Essa é mais uma ação do Governo do Estado no sentido de contemplar a população com meios de prevenção. A Rede Cuidar traz a identificação precoce das cardiopatias congênitas, instituindo o tratamento e salvando vidas, representando uma ação social e a nossa meta é inserir o serviço de pneumologia para que as pessoas tenham o adequado tratamento dentro da Medicina preventiva”, explicou.

A equipe de especialistas envolvida nas várias linhas de cuidado é formada por cardiologistas pediátricos, neonatologistas, obstetras, enfermeiros, odontólogos, assistentes sociais, entre outros. Além dos atendimentos em pontos estratégicos, de cada cidade (colégios, faculdades, etc), será realizado treinamento para os profissionais de saúde locais.

A coordenadora geral da Rede Cuidar, Juliana Soares, evidenciou que mais de 90 profissionais estarão envolvidos no atendimento, além do apoio de servidores municipais. “É um momento de aprendizado, de assistência multiprofissional e de ir para os pequenos centros com a ajuda de voluntários que mudam a realidade do nosso estado nessa missão de ajudar ao próximo. A retomada da caravana era necessária e vamos ter uma novidade nesse processo que é a ortopedia. Estamos em comunicação há meses com as cidades para resgatarmos as crianças com deformidades no pé e na coluna para iniciarmos, precocemente, o tratamento. Com isso, vamos fazer a busca ativa das crianças que não conseguiram chegar na assistência por algum motivo, além de oferecer o atendimento na obstetrícia para diminuir a mortalidade materna e infantil”, comentou.

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro parabenizou todos os profissionais envolvidos no projeto. “Esse é um programa que nos remete à solidariedade porque se constitui pelo trabalho voluntário de pessoas, demonstrando o quanto o servir é importante, por isso, temos construído parcerias para fortalecer o sistema de saúde”, declarou.

“Abraço a todos que fazem a Rede Cuidar que representa amor ao próximo e atesta a credibilidade do governo que trabalha com seriedade para melhorar a qualidade de vida das pessoas, principalmente, de quem mais precisa”, pontuou o deputado estadual João Gonçalves.

A nutricionista Maria Paula de Paiva, residente no Hospital Infantil Arlinda Marques, participa da Caravana pela primeira vez e falou da expectativa de conhecer a realidade e contribuir com paraibanos de diversos municípios. “Vai ser muito enriquecedor para mim. Como profissional, por triar as crianças, e como pessoa, porque vai ser um momento de solidariedade, de poder doar um pouco de mim aos outros. Tenho certeza de que voltarei mais completa porque a gente vai deixar um pouco de nós lá e vamos deixar algo de nós nessa caminhada”, declarou.

Os deputados estaduais Ricardo Barbosa, Hervázio Bezerra e Eduardo Carneiro, além de auxiliares da gestão estadual, estiveram presentes à solenidade.

Rede Cuidar Paraíba: é um serviço permanente de Telemedicina, oferecido pelo Governo do Estado, que conta com um pacote de serviços e tecnologias que envolvem a disponibilização de atendimento especializado remoto e/ou presencial; apoio ao transporte seguro, quando necessário; monitoramento e rastreamento de pacientes, na rede de assistência à saúde de média e alta complexidade da Paraíba, para as especialidades de Perinatologia, Obstetrícia e Cardiopediatria.

Os serviços disponibilizados pela Rede, em todo estado, estão estruturados em cinco eixos: Cardiologia Pediátrica; Neonatologia; Saúde Materna; Enfermagem e Sistemas; Servidores de Telemedicina, Telecomunicações e Estatística, provendo o ambiente tecnológico seguro para a realização da Telemedicina.

Na última Caravana da Rede Cuidar, em julho de 2019, foram realizados 1.289 atendimentos, com a disponibilização de ecocardiogramas; ultrassonografias fetais; auscultas cardíacas digitais; além de exames de urina e de genética.

Parlamentopb