O município de Camalaú na região de Monteiro e a 301 quilômetros de João Pessoa teve a maior porcentagem de cobertura vacinal contra a Covid-19 na Paraíba, com 98,62%. Os dados foram divulgados pelo Governo da Paraíba nesta terça-feira (5) e dizem respeito ao resultado da terceira avaliação do prêmio de desempenho da cobertura vacinal. Ao todo, 20 municípios receberão a premiação que tem o objetivo de reconhecer e estimular o esforço das equipes que trabalham na campanha de vacinação contra a Covid-19. O investimento para a terceira rodada de incentivo às equipes municipais é de R$ 177 mil do tesouro estadual.

De acordo com o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, até o mês de novembro, o Governo do Estado irá contemplar com R$ 3 mil cada equipe de Saúde dos 20 municípios com o melhor desempenho da cobertura vacinal da segunda dose. A premiação é mensal e a lista divulgada nesta terça se refere aos dados inseridos no sistema até o dia 30 de setembro.

O Secretário explica que a análise para a premiação é criteriosa e leva em conta o registro de Dose 2 (D2) no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização entre outras informações, para que a premiação seja igualitária e não ocorra em duplicidade.

“Identificamos a existência de registros duplicados, trazendo equidade à análise do banco. Se ocorrer empate de cobertura vacinal, será utilizado o critério de maior população maior de 18 anos para desempate. Os 20 municípios vencedores da primeira e desta segunda avaliação serão excluídos nas análises seguintes”, explica.

Nesta terceira avaliação, o município de Camalaú teve a maior porcentagem de cobertura vacinal, com 98,62%. Os outros 19 municípios contemplados que tiveram cobertura acima de 90% são: Baía da Traição, Bernardino Batista, Bom sucesso, Catingueira, Diamante, Frei Martinho, Jericó, Montadas, Piancó, Picuí, Pilar, Poço Dantas, Santa Teresinha, Santo André, São José do Brejo do Cruz, São Francisco, São Sebastião do Umbuzeiro, Sumé e Várzea.

Os valores serão repassados do Fundo Estadual de Saúde para os Fundos Municipais de Saúde de acordo com a quantidade de equipes de Saúde da Família existente em cada município. O incentivo deverá ser utilizado, exclusivamente, para pagamento de profissionais envolvidos na vacinação, sendo preferencialmente para agentes comunitários de Saúde, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e enfermeiros.

Parlamentopb