Uma operação da Polícia Civil foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (05), na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A Operação Sanguinarys II foi deflagrada pela Polícia Civil da Paraíba, por intermédio do Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada de Cabedelo.

Na operação foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio.

A investigação teve incídio após a morte de Jadir Tadeu Romualdo, que foi morto a pauladas, no antigo moinho da cidade de Cabedelo. De acordo com a investigação, os criminosos tinham o objetivo de ficar com a casa, dinheiro e outros objetos da vítima. Após o homicídio, o corpo de Jadir foi escondido no local e só foi encontrado meses depois.

Um dos acusados, o qual havia foragido após o crime, foi preso na cidade de São José da Mata, na Paraíba. Já os outros três foram presos no bairro Portal do Poço, em Cabedelo.

A operação que contou com apoio do Instituto de Polícia Científica, da Inteligência da PCPB e da Inteligência do SISPEN.

Os presos estão sendo encaminhados para Central de Flagrantes em João Pessoa.

Polêmica Paraíba